sábado, 20 de outubro de 2012

A Troca

APIMENTADO HISTÓRICO



Lorde Adam Trevor está em uma terrível situação.

 A ponto de casar-se com a mulher de seus sonhos, descobre que por causa de um recente acidente, é incapaz de consumar a união que esperou por tanto tempo.
Os médicos dizem que vai se curar, mas enquanto isso, não quer admitir diante de sua futura esposa que não é um homem completo. 

Só se seu irmão gêmeo, Alex, um notório libertino com um grande apetite pelas belas mulheres aceitasse….

Comentário revisora C.K: Vou comentar este livro, pois tanto eu quanto minha colega conversamos e concordamos num ponto: não é propriamente um romance.
Parece mais uma espécie de ‘descoberta’ do Alex, o irmão libertino e irresponsável do Adam, de como sua vida era vazia antes da troca.
Achei que a heroína foi uma espécie de personagem secundário, assim como o Adam, que deveria ser o mocinha da história.Senti falta de um desfecho...enfim,acho que falou alguma coisa nesta história.rsrsrsrs...Amaria um final diferente!


Capítulo Um 

Por Deus, chegou, este era o dia. Abrindo os olhos, Jacqueline Ross viu a suave luz do sol cruzando seu quarto, o céu visto através de sua janela era de um profundo tom de azul. 
Sentando-se, sacudiu seus longos cabelos para trás e reprimiu uma onda de excitação enquanto tocava a campainha. 
Já estava trêmula e excitada, pensou com pesar, e a cerimônia aconteceria somente no final da tarde. 
Então se tornaria Lady Trevor, a esposa do sexto conde de Hallworth. 
Era incrível que tivesse a sorte de se casar por amor, quando tantas de suas amigas e conhecidas eram obrigadas a casar-se por conveniência, por razões financeiras e sociais. 
O fato de que seu futuro marido fosse maravilhosamente atraente, tremendamente gentil, e o solteiro mais cobiçado da sociedade, tornava tudo ainda mais romântico. 
Como nas fabulas onde a princesa encontrava seu belo e heroico príncipe e viviam felizes para sempre…. Esta noite, pensou ruborizando, seria sua esposa em todos os sentidos. 
—Bom dia, senhorita — sua donzela, Mary, entrou carregando uma bandeja, seu rosto sorridente mostrando a mesma alegria que o de sua patroa— É um magnífico dia para um casamento, se me permite dizer. Recostando-se nos travesseiros, Jackie assentiu com olhos sonhadores. 
—É um sonho que se tornou realidade. 
—Sinto como se estivesse em um maldito pesadelo. Adam Trevor admitiu em tom crispado, caminhando através de seu escritório até parar em frente à janela e olhar fixamente e com ironia o esplendoroso céu. 
Sem nenhuma nuvem, pensou cinicamente, quando o apropriado para seu estado de espírito seria um pesado aguaceiro derramando cascatas de água do céu. 
— É o maldito dia do meu casamento! Pelo amor de Deus. 
Seu irmão, sentado atrás dele, contemplava-o mudo de assombro. 
Adam quase podia sentir como Alex procurava algo para dizer, qualquer coisa.
Mas o que se diz a um homem que acaba de confessar um segredo tão devastador? 
Sim, se fosse o contrário, ele também estaria estupefato. 
Finalmente Alex murmurou com a voz rouca. 
—Acredito que já procurou um medico, não? Sem voltar-se, Adam respondeu cansadamente. 
—É obvio, embora não é nada agradável contar, nem sequer a um médico, que tem problemas para funcionar como homem. Também não quero que ninguém mais saiba, estou certo de que compreende — lentamente Adam sentiu que o rubor de uma ridícula vergonha subia por seu pescoço
—. Todos dizem o mesmo, que quando me machuquei no acidente que sofri há seis semanas, os danos ocasionados nos músculos da virilha restringiram o fluxo sanguíneo nesse local —seu sorriso, uma retorcida paródia de sua risada habitual
—. Tudo o que sei é que quando tomo Jacqueline em meus braços, sinto o mesmo ardente desejo, mas meu corpo não responde como antes. Não fico… duro. A princípio não pude acreditar, sempre tentei ser cuidadoso para que ela não notasse como reagia meu corpo quando a tocava, e acredite, reagia como qualquer homem faria nestes casos. 
—Estou certo, é uma mulher muito bonita, mas como o cavalheiro que é, sabe que ainda não pode tocá-la e possivelmente seu corpo também sabe. Tentou com alguém mais? 
—Sim —Adam sentiu que seu rosto se contraia sem poder evitar
—. Com uma das melhores amigas de Eleanor…
 DOWNLOAD

3 comentários :

  1. Observo que é difícil encontrar livros hots que são primorosamente escritos.Os grandes escritores não arriscam escrever livremente sobre algo que muitas vezes é tabu na sociedade: Sexo sem limites, perversões e amores fora do padrão socialmente aceitável.Então, sinto quase sempre que falta algo para a coisa fluir e ter um bom desfecho.Parece que se dedicam mais a descrever as partes hots do que o enredo das histórias.Então, quando inicio a ler um romance hot não crio muita espectativa: pois a falta de um grande enredo é normal nesses livros.
    Se bem que gostei da série O Legado dos Colters da Maya Banks(o sonho das pervas de "plantão").rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Carissímas, sou fã de carteirinha do seu blog,adorei os dois últimos muiiiiiiiiiiito bons! Parabens! Trabalho maravilhoso bjs

    ResponderExcluir
  3. Meninas cada dia que passa voces se superam amo este blog bjs cyntieresilva

    ResponderExcluir

Oiiiiiiii.. você não sair sem deixar um comentário vai ?

ATENÇÃO - Não haverá mais link direto para DOWNLOAD
e sim à disposição na Biblioteca.
AVISO IMPORTANTE: Nunca sei qdo um ebook vai ser lançado, somente no dia do lançamento no grupo.

Jenna e Seriam